LEITURA DE CONTADORES
QUEM FAZ AS LEITURAS DO CONTADOR

A Leitura dos contadores é da responsabilidade, não do Comercializador, mas dos Operadores da rede de distribuição.

Os Operadores da rede de distribuição devem realizar a leitura de 3 em 3 meses, gratuitamente.

Os comercializadores dependem destes operadores, como a EDP Distribuição, para lhes indicarem o consumo, seja real ou estimado e emitir a fatura.

O Cliente deve dar sempre acesso ao técnico que for efetuar a leitura.

Se o técnico não tiver acesso às leituras do contador durante um largo período de tempo, pode acontecer o seguinte:


O Cliente também pode e deve comunicar a leitura ao operador da rede de distribuição para o número da EDP Distribuição - 800 507 507, gratuito e disponível 24h.

A leitura comunicada pelo consumidor tem o mesmo valor da leitura efetuada pelas empresas distribuidoras e prevalece sobre as estimativas de consumo.

A leitura comunicada pelo cliente não precisa de ser validada, salvo se apresentar um valor mais baixo do que o valor da leitura real anterior.

O Cliente deve comunicar a contagem entre o período de dias constante na fatura e se a leitura não for considerada, o Cliente pode (e deve) exigir que suspendam a fatura e que acertem os valores corretos.


LEITURA REAL / LEITURA ESTIMADA

Leitura real - é a medição exata do consumo no seu contador, a mesma serve de base à fatura períodica.

Leitura estimada - Quando não existe uma leitura real disponível, a faturação é emitida com base em estimativa, calculada de acordo com o histórico de consumos.

É o Cliente que opta por um dos métodos de estimativa de consumo.


OS MÉTODOS DE CÁLCULO DA ESTIMATIVA DE UM CLIENTE EM BTN SÃO OS SEGUINTES:

Consumo Padrão

A estimativa de consumo é realizada com base nos consumos médios diários do período homólogo do ano anterior e depende da potência contratada e do tipo de uso da instalação.

Método de estimativa de Perfil

Quando não existe histórico de consumos (ex: mudança de casa ou alteração de potência contratada recentemente), definem-se diversos perfis de acordo com o tipo de uso de instalação, a potência contratada, dos consumos médios mensais de Clientes com estas caraterísticas.

Os perfis de consumo são aprovados e publicados anualmente pela ERSE, que pode consultar na Diretiva 6/2019 de 18.01.

Método de estimativa de Consumo Fixo

Este método baseia-se na aplicação de um consumo médio mensal fixo, acordado com o Cliente, a ser faturado nos meses em que não haja uma leitura real ao contador.

Este valor pode ser retificado sempre que se verifique que o consumo real apresenta desvios significativos em relação ao consumo acordado e pode ser corrigido anualmente por acordo entre as partes

Depois de uma leitura estimada, quando se fizer a leitura real, faz-se o acerto do consumo que foi estimado.

Se se apurar que o valor apurado é a favor do Cliente, o seu pagamento será efetuado por compensação de crédito na própria fatura que tem por objeto o acerto, salvo declaração expressa em sentido contrário por parte do Cliente.

Os comercializadores, em determinadas situações (acertos de faturação expressivos), são obrigados a disponibilizar aos seus clientes planos de pagamento faseados. Para mais informações sobre Pagamento faseado dos Acertos Consultar a Diretiva 17/2013 de 23.09 e Diretiva 8/2015 de 27.05.

A fatura pode conter parte do consumo obtido por leitura real e parte do consumo que foi estimado, consoante respeite ou não as datas preferênciais mencionadas na fatura.

Na fatura da JAFPLUS, Lda. consta o seguinte:

Para mais informações pode consultar o Guia de Medição, Leitura e Disponibilização de Dados (GMLDD) em www.erse.pt ou aqui.